No processo do trabalho é o método segundo o qual são conciliados e julgados dissídios individuais e coletivos entre empregados e empregadores, bem como as demais controvérsias oriundas das relações trabalhistas regidas pelo Direito do Trabalho.

 

A ação judicial não termina com a sentença, com ela se prossegue na execução. A execução da sentença consiste em uma série de atos necessários ao cumprimento das determinações nela contidas.

 

A sentença, na maioria dos casos, não é líquida, ou seja, estabelece os direitos reconhecidos, mas não especifica o quantum devido, sendo necessária a apuração por cálculos apresentados pelas partes ou pelo perito contador do juízo.

 

Apresentados os cálculos e homologados pelo juízo, esses integram a sentença, tornando-a líquida para que a parte sucumbente a cumpra. Havendo divergências entre os cálculos das partes o Juiz poderá determinar a realização de perícia contábil.

 

 

Devido a carga de nossos trabalhos atuais podemos não efetuar este tipo de trabalho, mas informaremos isso na emissão da solicitação do orçamento.

Registro, baixa, regularização ou alterações contratuais?! Acesse o link abaixo: